anterior
seguinte


Correio da AESE n.º 705 | 18 de outubro de 2017

Caro Alumnus/ Estimada Alumna AESE

Faltam 2 dias para a Assembleia dos Alumni da AESE “O Mundo 4.0: Connecting people and business”! 


A maioria das empresas tende a concentrar os seus esforços num mundo Rápido e Urbano. Esta é a perspetiva de Patrick Dixon, da Global Change, o keynote speaker que abrirá os trabalhos da Assembleia. Dixon considera que tudo pode mudar rapidamente na medida em que uma pequena parte da população manifesta uma atitude radical movida pela ética. Também refere uma postura que pode ser tribal, como é disso exemplo o fervor em torno da independência da Catalunha em Espanha, entre outros.

Um dos debates que animará a manhã deste encontro reside na apresentação de casos reais de “Negócios num Mundo 4.0”. O líder da Bosch Carlos Ribas encara como uma “possibilidade de aumento acentuado do desemprego, a queda de salários via substituição e extinção de empresas, indústrias e cargos de trabalho”. “Pelo contrário, haverá uma procura por novas profissões, empresas e indústrias que irão nascer como consequência desta 4ª Revolução Industrial que, de acordo com várias evidências, é expectável que crie menos trabalho comparado com as três revoluções anteriores”. Paralelamente, Cláudia Almeida e Silva, da Fnac, mostrará porque considera que “estamos a assistir a avanços galopantes em termos tecnológicos, nomeadamente ao nível da Inteligência Artificial (IA), que irá levar o nível de personalização e interação com o consumidor para patamares nunca vistos” e especialmente desafiantes para a empresa que representa.


No painel da tarde, os Alumni terão a oportunidade de ouvir exemplos de empresas que se têm revelado particularmente sábias na gestão das suas pessoas. Pedro Henriques, da Siemens, explica como encara o futuro da empregabilidade com colaboradores dos mundos 2.0, 3.0 e 4.0! “As pessoas estarão sempre ligadas a atividades que impliquem raciocínios complexos, avaliação da envolvente e onde não existam tarefas simplesmente repetitivas”. Por seu turno, Sofia Tenreiro, da Cisco, foca  a sua atenção na relevância “cada vez mais importante de procedermos à requalificação das pessoas ativas” para uma organização com êxito. Os Negócios e as Pessoas num  Mundo 4.0 terão outras vozes a acrescentar valor aos debates com os Alumni.


O fecho ficará a cargo do Prof. Vasant Dhar que entende que “a visão otimista aponta para que as novas indústrias do futuro sejam capazes de criar novos postos de trabalho, porque irão dar origem a novas possibilidades. A visão pessimista é a de que as novas tecnologias como a IA serão diferentes ao ponto de assumirem o comando das tarefas cognitivas e físicas e de as realizar significativamente melhor do que os humanos, o que tornará o humano “médio” obsoleto. Esta intervenção antecederá a cerimónia de encerramento da Assembleia de Alumni da AESE, feita pelo Senhor Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.


Junte-se aos Alumni da AESE
, reserve o seu lugar num encontro no qual irá contactar de perto com os exemplos da Google, IBM, Feedzai, Siemens, Nissan, Accenture, New Holland, Bosch, Cisco, NYU, para gerar conhecimento e descobrir novas e velhas amizades.


No Panorama veja notícias sobre …

  • Fórmulas criativas para o cuidado dos idosos
  • Liberdade religiosa na era Trump
  • A dependência do trabalho
  • “Hazlo tan bien que no puedan ignorarte”


Reflexões mais profundas na Documentação:

  • A revolta cultural contra as elites
  • Porque rebentou a bolha progressista

 


Cláudia Dias | claudiadias@aese.pt